terça-feira, 1 de setembro de 2009

Feridas do Passado

Depois de algum tempo afastado estou voltando, vou tentar postar algo uma vez por semana. Espero que aos que lerem gostem, mas senão gostarem por favor podem criticar, já que estou receoso por ter perdido o ritmo. Um abraço a todos.



Estava perdido em algum lugar dentro de si mesmo naquela noite, em mais uma viagem nostálgica ao seu passado. Ele era um hipócrita, disso ele sabia, mas só o admitia pra si mesmo. Sempre falava sobre não repetir o passado, aprender e esquecer, mas precisava de suas lembranças, das suas piores lembranças, e principalmente naquela noite onde mais uma ferida era acrescentada a sua alma.


O vinho que descia pela sua garganta não tinha nenhum sabor, só conseguia sentir o peso da bebida e força de seu teor alcoólico, e isso era o que realmente importava. Não tinha a mínima idéia de onde estava, perdido por ruas escuras e desconhecidas, e, caminhando com dificuldade, seu pensamento estava focado em não derrubar a garrafa que segurava e nos fantasmas que o seguiam.


Hoje conseguiu o que queria, suas feridas voltaram a sangrar, não podia deixá-las cicatrizar, pois elas lhe faziam se sentir único e especial, a vida era sua musa e a dor sua inspiração. Por vezes, via sombras passarem por ele. Formas indistintas de pessoas que esbarravam nele quase o derrubando, se misturando com os fantasmas de seu passado.


Estava mais uma vez sozinho, caminhando sem destino. Sua alma estava no torpor de um sonho profundo, sua mente confusa pelo vinho e seu coração doía pelas feridas abertas.

5 comentários:

  1. Às vezes só enchendo a cara mesmo para tentar esquecer dos piores problemas. Eu particularmente nunca fiz isso, mas já fiquei meio bêbado algumas vezes. É incrível como o álcool dopa o cérebro e anestesia o corpo tanto de forma emocional como física.

    ResponderExcluir
  2. Quase nunca bebo, mas nesse momentos de frustrações e problemas um bom vinho desce muito bem. Ótimo texto Jean!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Eu também posto 1 novo poema por semana...

    às vezes menos...

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Adorei seu blog, muito bom mesmo, gostei muito, parabéns, continua assim, vou ate segui seu blog, quando de da uma olhada no meu ta!
    http://henrique199.blogspot.com/

    ResponderExcluir